fbpx

10 clássicos do cinema brasileiro na Globoplay

Quem está aqui desde que tudo era mato, sabe que o nosso primeiro post, lá em janeiro de 2020, foi sobre o catálogo da Globoplay. Assim, falamos sobre vários aspectos do acervo e comentamos sobre a presença pouco expressiva de títulos nacionais mais antigos – algo que consideramos surpreendente na época, já que se trata de uma plataforma brasileira. Porém, nas últimas semanas nós temos sido surpreendidas pela entrada de cada vez mais clássicos do nosso cinema nesse streaming. Então, para mostrar um pouco disso resolvemos organizar uma lista com 10 clássicos do cinema brasileiro na Globoplay. 

Essa escolha se justifica por dois motivos. O primeiro deles é que nós ainda não conhecíamos tanto assim do legado do cinema nacional e, portanto, elaborar esse conteúdo foi uma forma de começar a ter contato com alguns títulos. Assim, os filmes que vocês vão encontrar nessa lista não são todos os que nós assistimos desde o começo da nossa aventura pelos clássicos do cinema brasileiro na Globoplay, já que decidimos cortar títulos mais recentes e trazê-los de volta em outro momento. Por ora, vamos parar nos anos 90.

O segundo motivo foi que também há muito tempo, provavelmente antes de a grande maioria de vocês estar por aqui, nós tentamos fazer uma lista baseada nos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos, elaborada pela Abraccine. À época, mesmo considerando aluguel e compra, conseguimos encontrar somente 28 filmes. Porém, com essa iniciativa da Globoplay de incluir mais do cinema nacional no seu catálogo esse número sobe expressivamente. Inclusive, em breve pretendemos reelaborar essa postagem e trazer para vocês. 

Logo, se você também quer conhecer mais do nosso cinema e está na dúvida sobre por onde começar, temos aqui dez dicas ótimas que com certeza já vão te deixar com vontade de se aprofundar ainda mais, o que foi totalmente o nosso caso.

Vem com a gente ver quais foram os 10 clássicos do cinema brasileiro na Globoplay que selecionamos!

Clássicos do cinema brasileiro na Globoplay

1. Todas as Mulheres do Mundo (1967)

Sinopse: Paulo é um conquistador. Em uma festa, ele conhece Maria Alice, se apaixona por ela e decide conquistar a jovem. Entretanto, ela está noiva de Leopoldo e, em um primeiro momento, recusa os avanços de Paulo. Porém, Maria  Alice acaba cedendo e os dois começam a namorar e, posteriormente, se casam. Entretanto, a rotina do relacionamento e o ciúme faz com que Paulo volte aos seus velhos hábitos. 

2. Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia (1977)

Sinopse: Nos anos 1960, uma organização chamada Esquadrão da Morte passa a combater o crime à margem da lei.  Assim, vários personagens acabam se tornando marcantes, como Lúcio Flávio, um bandido conhecido no Rio de Janeiro. Então, quando um banco é assaltado em uma cidade do interior, o Dr. Bechara inicia uma ação policial para localiza-lo. Então, Lúcio e Janice, a sua esposa, recebem a notícia da prisão de um dos membros do bando, Muruçu. Na sequência, Lúcio também é preso, mas consegue fugir, dando início a uma série de prisões e perseguições a ele. Então, o bandido decide mudar de vida e ruma para Belo Horizonte com Janice, mas o seu destino já estava decidido. 

Clássicos do cinema brasileiro na Globoplay

3. Bye Bye Brasil (1979)

Sinopse: Lorde Cigano, Andorinha e Salomé são artistas ambulantes que atravessam com Brasil com a Caravana Rolidei. Eles fazem espetáculos para um público humilde e sem acesso à TV. Posteriormente, o bando se junta ao sanfoneiro Ciço e a Dasdô, sua esposa, e a Caravana segue viagem da Amazônia até a cidade de Brasília. 

4. Eles Não Usam Black Tie (1981)

Sinopse: TIão é um jovem operário que pretende se casar com Maria, a sua namorada, depois de descobrir que ela está grávida. Entretanto, após o casal tomar essa decisão, os trabalhadores da fábrica em que eles trabalham dão início a um movimento de greve. Então, com medo pelo futuro de sua família, Tião decide furar a greve para não perder o emprego, entrando em conflito direto com Otávio, o seu pai, um militante sindical que chegou a ficar três anos preso durante a Ditadura Militar.

Dona Flor e Seus Dois Maridos e O Beijo no Asfalto

5. Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

Sinopse: No Carnaval de 1943, na Bahia, Vadinho morre de forma repentina, deixando Flor, sua esposa, inconsolável. Isso porque apesar do seus vários defeitos, como ser um mulherengo e um jogador, Vadinho era um excelente amante. Entretanto, depois de algum tempo de luto, Flor acaba se casando com Teodoro, um farmacêutico entediante que é o extremo oposto de Vadinho. Então, Flor passa a viver uma vida tranquila e, em uma determinada noite, Vadinho aparece misteriosamente na sua cama. Assim, ela procura por uma amiga para pedir ajuda para se livrar de Vadinho. Portanto, um pai de santo afasta o espírito do finado, mas existe um problema na situação: Flor não quer que Vadinho vá embora porque precisa dele para saciar seus desejos carnais.

6. O Beijo no Asfalto (1981)

Sinopse: Um desconhecido é morto depois de ser atropelado por um ônibus. Então, enquanto ele agoniza, vê um bancário passando e lhe pede um beijo. A cena acaba sendo transformada em um circo pela mídia sensacionalista e o homem responsável por cometer o “crime” acaba sendo alvo de preconceito e investigado pela polícia, que passa a supor que o atropelamento foi, na verdade, um assassinato. 

O Que É Isso, Compaheiro? e Rio Zona Norte

7. O Que É Isso, Companheiro? (1997)

Sinopse: Fernando e César são amigos e decidem se juntar à luta armada contra a Ditadura Militar, ainda no final dos anos 60. Então, os dois se alistam em um grupo de guerrilheiros de esquerda. Porém, durante uma das ações, César acaba sendo ferido e capturado pelos militares. Fernando, por sua vez, continua atuando ao lado do grupo e planeja o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil para conseguir negociar a liberdade de César e de outros companheiros que foram presos. 

8. Rio, Zona Norte (1957)

Sinopse: Espírito da Luz é um compositor de samba que está tentando vender as suas músicas para fazer sucesso. Porém, ele acaba sendo enganado por alguns oportunistas e acaba ficando preso aos esquemas da indústria. Então, após sofrer um acidente e ficar inconsciente, ele relembra algumas passagens da sua carreira.

O Quatrilho e Rio 40 Graus

9. O Quatrilho (1995)

Sinopse: Em 1910, no Rio de Grande do Sul, dois casais de amigos decidem viver juntos na mesma casa para conseguir sobreviver. Entretanto, o tempo faz com que Teresa e Massimo se apaixonem, mesmo que ela seja casada com Ângelo. Então, os dois decidem fugir juntos e recomeçar as suas vidas, deixando seus respectivos cônjuges para trás. Eles, por sua vez, passarão a ter uma vida marcada por dificuldades devido à decisão do novo casal.

10. Rio 40 Graus (1956)

Sinopse:  Em um dia quente de verão, dois garotos pobres deixam a favela em que vivem para vender amendoim pelas ruas do Rio de Janeiro. Então, percorrendo várias áreas da cidade, eles vêem uma série de eventos casuais e tipicamente cariocas, destrinchando a realidade das ruas durante aquela época.

SE VOCÊ GOSTOU DE “10 CLÁSSICOS DO CINEMA BRASILEIRO NA GLOBOPLAY”, LEIA TAMBÉM:

Os 20 melhores filmes brasileiros na Netflix

20 filmes brasileiros no Telecine Play bem avaliados pela crítica

Os 28 melhores filmes brasileiros segundo a Abraccine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *