fbpx

Apresentando o Apple TV+

O Apple TV+, plataforma de streaming da Apple, chegou ao Brasil em novembro de 2019. Devido à sua grade de programas pequena, acabou não fazendo tanto barulho quanto o esperado, apesar dos grandes nomes envolvidos em suas produções. Entretanto, conforme as séries produzidas pelo serviço ganharam notoriedade e passaram a ser mais comentadas nas redes sociais, esse cenário foi modificado.

A gente ainda não pode afirmar que o Apple TV+ seja um concorrente direto para as gigantes do segmento em termos de números. Mas, quando o assunto é qualidade, o streaming da maçã não deve nada para nenhum outro. Além disso, as adições posteriores ao acervo serviram para voltar os olhares para o Apple TV+.

Entretanto, a indisponibilidade de um aplicativo para smartphones e tablet com sistema Android ainda desestimula algumas pessoas. Como esse meio ainda é muito usado no Brasil, a questão do acesso foi um ponto que não deu para elogiar na plataforma. Claro, era possível assistir ao conteúdo através de notebooks com o sistema operacional Windows – mais sobre isso à frente. 

Logo,  apesar de existirem algumas TVs Samsung que sempre foram compatíveis com a Apple TV+, a disponibilidade estava restrita aos modelos mais recentes. Além disso, também estava condicionada ao sistema operacional Tizen, presente somente nos modelos mais caros. Com o tempo, o Apple TV+ passou  a ficar disponível em outros dispositivos e foi exatamente aí que a gente se animou para testar. As nossas impressões sobre isso vocês verão a seguir. 

O que eu encontro no Apple TV+?

The Morning Show e Servent
Séries: The Morning Show e Servent

Além do conteúdo feito especialmente para o streaming, os Apple Originals, no Apple TV+ você encontrará um acervo bastante variado de filmes disponíveis para aluguel e compra. Os títulos são bastante numerosos e os preços praticados para produções são bastante justos – apesar de ligeiramente superiores aos de outras plataformas que oferecem serviços similares. 

Caso essa parte específica te interesse, é importante informar que logo na tela de entrada do Apple TV+ você consegue encontrar duas abas que podem ser bem úteis. Em uma delas são mostradas todos os títulos promocionais e, por vezes, dá para garimpar umas novidades. Na segunda aba, por sua vez, você encontrará produções que podem ser alugadas por apenas R$3,90, o menor preço oferecido pelo streaming. 

Assim como em outros serviços de aluguel digital, após pagar pelo título – o que é feito através de cartão de crédito, registrado no ato do cadastro -, você tem até um mês para assisti-lo caso não aperte o play. Entretanto, depois que o vídeo for iniciado você precisará finalizar a exibição em até 48h ou não poderá mais fazer isso. 

Canais Apple TV+

Little Voice e Amazing Stories
Séries: Little Voice e Amazing Stories

Assim como o Prime Video fez no ano passado, o Apple TV+ também passou a incluir canais de outros serviços de streaming, como o Starzplay.

Assim, é possível fazer a assinatura dele e assistir o conteúdo através da interface dessa plataforma, o que pode ser interessante para quem gosta de concentrar tudo o que assiste em um mesmo lugar. Mas, na prática, esse tipo de assinatura “conjunta” não oferece nenhuma vantagem para o usuário, visto que os valores são os mesmos. Seria apenas uma solução caso você tivesse problemas com o aplicativo de outra plataforma – ou ele não estivesse disponível para o seu dispositivo. 

Apple Originals

Losing Alice e Truth Be Told
Séries: Losing Alice e Truth Be Told

Por fim, nós não podemos encerrar essa sessão sem falar a respeito da grande estrela da plataforma: os Apple Originals. Embora as séries tenham feito mais sucesso e conquistado indicações a prêmios, ainda existem alguns conteúdos de cinema, como On The Rocks, o último filme de Sofia Coppola, e alguns especiais temáticos, como o de Mariah Carey na ocasião do Natal.

Esses originais são divididos em categorias, de acordo com o gênero. Logo, podemos encontrar uma aba somente para as séries dramáticas, como The Morning Show, Em Defesa de Jacob e Losing Alice, a nova aposta do Apple TV+; bem como uma aba voltada para a comédia, na qual se vê títulos como Dickinson e Little America

De uma forma geral, o conteúdo original do Apple TV+ é bastante consistente em termos de qualidade. O streaming não costuma lançar muitas séries ou filmes anualmente, mas sempre consegue comentários positivos e indicações a prêmios pelos seus produtos. Isso, sem dúvidas, é bastante interessante para quem se importa mais com ver um bom título do que com ter em mãos 500 produções duvidosas diferentes.

E vale a pena? 

Apple TV+
Séries: Dickinson e Em Defesa de Jacob

Conforme abordamos anteriormente, em termos de qualidade do conteúdo original, sim, o Apple TV+ vale muito a pena.  Especialmente se a gente pensa que o preço praticado pela plataforma, R$9,90, só é equivalente de uma das suas competidoras diretas. Portanto, se o seu interesse por assinar está ligado a esse ponto específico, vá em frente.

Porém, não espere encontrar nada que seja diferente dos produtos da própria Apple disponível no catálogo e sem custos extras. Todos os filmes e séries produzidos por canais de TV estadunidenses e outros estúdios geram cobranças, seja pela assinatura de outra plataforma ou mesmo pelo valor do aluguel/compra. Então, se ter em mãos mais do que os Apple Originals é importante para você, talvez seja válido fazer uso do período de gratuidade de 7 dias antes de decidir. Mas, já vá informado. 

Falando de um ponto de vista mais pessoal, como o nosso interesse era assistir algumas séries originais da Apple TV+, a experiência de assinar valeu a pena. Inclusive, como nós ainda não conseguimos terminar tudo o que queríamos – mais sobre isso a seguir – ainda estamos assinando o streaming. 

Como foi a experiência de usar?

Apple TV+
Especial de Natal Mariah Carey | Filme: Wolfwalkers

Primeiramente, é importante informar que fizemos uso da Apple TV+ em dois dispositivos diferentes: um notebook e um Roku Express. Vamos abordar primeiro o notebook por acreditarmos se tratar de um suporte ao qual mais pessoas têm acesso, já que o Roku ainda é bastante novo no Brasil. 

Quando se fala sobre o comportamento da Apple TV+, pelo menos em computadores de configurações mais simples, a nossa experiência não foi nada positiva. Ao tentar assistir a um conteúdo enfrentamos uma série de travamentos e congelamentos da tela, que faziam com que precisássemos voltar à home do streaming e novamente abrir o programa em questão. Esses problemas se tornaram tão contínuos e numerosos que acabamos desistindo de um uso mais extenso do Apple TV+ no notebook e partimos para o Roku Express.

Nesse ponto, enfrentamos menos problemas. Porém, a questão do congelamento da tela, citada anteriormente. é algo que persiste no Roku Express. Por vezes, quando isso acontece o aplicativo simplesmente é reiniciado. Mas, falando sobre os travamentos especificamente, não enfrentamos tantos quanto assistindo pelo notebook, o que deixa claro o fato de que o problema foram mesmo as configurações da máquina.

Por fim, é importante ressaltar que nós não possuímos nada da Apple em casa. Chegamos a ler por aí que nas TVs, computadores e celulares da marca o comportamento do aplicativo melhora consideravelmente, mas isso não é algo que podemos atestar. Porém, fica aí a observação e, caso algum de vocês tenha feito esse teste, por favor, confirmem (ou neguem) a informação e nós vamos incluir no texto com os devidos créditos.

Como assinar o Apple TV+?

Apple TV+
Série: Little America | Filme: On The Rocks

Caso você tenha chegado até aqui e queira assinar o Apple TV+, nós te falaremos como fazer isso. É um processo bem simples: basta se dirigir ao site oficial do streaming.

Se você já tiver uma conta no iTunes, será necessário somente fazer login com ela, visto que os seus dados de cartão de crédito e informações pessoais já estarão devidamente inseridos (porém, procure sempre conferir se estão atualizados!). Porém, se você ainda não tem uma conta, basta seguir os passos indicados pelo Apple TV+ para criá-la. Assim que esse processo estiver concluído, você poderá acessar o conteúdo.

Atualmente, o Apple TV+ conta com somente um plano de assinatura, a R$9,90/mês. Entretanto, desde a sua chegada no Brasil o streaming possui uma espécie de promoção para quem adquire produtos Apple: você ganha um ano completamente gratuito de acesso à plataforma. Entretanto, existe uma lista de dispositivos que fazem parte dessa promoção. Caso você se enquadre no descrito e queira conferir essa lista, ela está disponível aqui. 

SE VOCÊ GOSTOU DE “APRESENTANDO APPLE TV+”, LEIA TAMBÉM:

Apresentando o Oldflix

Darflix: confira tudo sobre o streaming brasileiro de terror

Apresentando o Pluto TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *