fbpx
Pode Entrar

Assisti e recomendo: 7 séries no Prime Video

Séries no Prime Video

Em mais uma edição da Assisti e Recomendo, trouxemos algumas séries no Prime Video que muitos podem não ter dado a devida atenção. Optamos por selecionar conteúdos que assistimos como forma de divulga-los um pouco. Afinal, sempre fazemos questão de destacar que o Prime Video poderia ser mais incisivo com a sua divulgação no Brasil, que é bem limitada.

Por mais que algumas das séries selecionadas por nós agora tenham sido amadas por (parte do) público, o streaming não dá destaque para nada. Uma vez ou outra ele resolve  algo para falar incansavelmente, mas logo depois para.

Assim, às vezes o conteúdo em questão nem está agradando tanto assim, como foi o caso de Soltos em Floripa, que o serviço deu muita ênfase, mas não foi isso tudo. Porém, a gente não vai deixar vocês sem conhecerem as séries no Prime Vide que são boas de verdade só por isso. 

Como aqui no Maratonista de Menu o nosso objetivo é aclamar tudo de melhor que está disponível nos serviços de streaming, viemos novamente dar a nossa opinião a respeito do que assistimos no Prime Video, para incentivar os que estão em dúvida. Ou então os que estão confusos com o layout complicadíssimo do serviço e não conseguem achar algo para assistir. 

Quer uma dica de séries Prime Video? Nós te ajudamos!

Séries no Prime Video

1. The L Word: Generation Q

Sinopse: A série de passa 10 anos após os eventos da original The L Word, onde as amigas Bette Porter, Alice Pieszecki e Shane McCutcheon ainda se encontram vivendo em Los Angeles e precisam lidar com corações partidos, obstáculos em suas carreiras e também com novos amores que surgem em suas vidas. 

Recomendo: Pra quem assistiu The L Word essa série é bastante diferente e isso não é negativo de forma alguma. O programa voltou anos depois, em um mundo bem diferente do que ela deixou, e conseguiu se adequar perfeitamente a esse “novo mundo”. Eu não sabia o que esperar e me surpreendi totalmente. Excelente escolha dos produtores de serem mais abrangentes em uma série de questões LGBTQ+.

2. The Marvelous Mrs. Meisel 

Sinopse: Miriam “Midge” Maisel tinha como sonhos de sua vida se formar na faculdade, arranjar um marido, ter duas ou três crianças e um apartamento bem localizado em Manhattan. Entretanto, a vida apronta quando ela e seu marido se separam e Midge passa a depender de seu talento. Com isso, ela se transforma de dona de casa para comediante de stand-up, apresentando-se em barzinhos pela cidade.

Recomendo: Eu não vou cansar nunca de recomendar essa série. É engraçada, é linda visualmente falando e é incrível. Tudo que acontece é na medida certa do humor (e por vezes drama). Eu estou aqui é para exaltar Mrs. Meisel mesmo. É de longe uma das séries de comédia mais incríveis que eu já assisti até o presente momento e uma das melhores séries no Prime Video.

The Boys e Modern Love

3. The Boys

Sinopse: A fama acaba subindo à cabeça de alguns super-heróis, que passam a se corromper e usam do status adquirido para conseguirem se promover cada vez mais. Mesmo que isso faça com que a população acabe ficando em risco. Uma equipe da CIA, então, se torna responsável pelo caso em relação aos super-heróis, que são conhecidos como The Boys. Os agentes passam a ter a missão de vigiar tudo que é feito por estes super-heróis e controlam também o surgimento de novos heróis.

Recomendo: Você que gosta de super-heróis aí: talvez não seja o seu lugar. Mas eu digo só talvez. Isso porque esses super-heróis não são iguais aos que estamos acostumados a ver, que salvam o mundo com seus corações puros e benevolentes. Não é por aí, mas é igualmente divertido de assistir. Só que aqui é um mundo em que eles são mais humanizados e não são tão intocáveis assim.

4. Modern Love

Sinopse: Com um compilado de história sobre o amor, Modern Love explora o sentimento das mais variadas formas que ele pode ser expressado, de forma romântica, sexual, familiar ou até mesmo platônica. A série ainda aborda outros temas comuns à experiência de vida humana, como perda e redenção. 

Recomendo: Assistiu Simplesmente Amor e amou? Não tem como assistir Modern Love e não amar também. Segue uma premissa semelhante, digamos assim. Várias histórias de amor, com tipos de amor diferentes. Não tem erro, é incrível, bem contado e tem uns plot twists ainda.

The Purge, Fleabag e Little Women

5. The Purge

Sinopse: Uma vez por ano as leis do governo norte-americano são suspensas durante um período de 12 horas. Neste período em que as leis não são aplicáveis a nenhum tipo de crime, as pessoas podem usar o tempo da forma como quiserem. Este tempo é suficiente para que todos os tipos de crimes ocorram, já que tudo está liberado para acontecer até que os alarmes sejam soados, colocando um fim no expurgo.

Recomendo: Depois de uma primeira tentativa frustrada, a ideia de The Purge tomou mais forma nos filmes que vieram depois e, inclusive, alguns são muito bons.   Assim, depois disso, a franquia acabou ganhando também uma série, que é muito bem feita e mostra o que a gente espera de fato quando o plot da história é contado. Diferente do primeiro filme que, sinceramente, respondeu zero.

6. Fleabag

Sinopse: Fleabag é uma jovem adulta que precisa lidar com os problemas comuns. Ela lida com questões sobre relacionamentos, frustração sexual e profissional, além de questões e conflitos familiares. Enquanto isso, Fleabag tenta curar uma ferida em sua vida, como uma mulher moderna vivendo em Londres, sem aceitar a ajuda dos que lhe cercam, mantendo um perfil intimidante. 

Recomendo: Sabemos que o humor da série não é de fato para todo mundo, porque em muitos pontos pode ser até meio pesado (e é sim). Mas, quem não assistiu,ou viu só um ou dois episódios e concluiu que não gostou, recomendo ir de novo com a mente aberta. É de fato um humor peculiar, mas é incrível. E Phoebe Waller-Bridge é muito amada aqui no Maratonista de Menu, sim!

7. Little Women

Sinopse: A história mostra a vida das irmãs March em suas jornadas da infância à vida adulta, com a direção da mãe das jovens, Marmee, enquanto o pai delas está fora de casa durante o período da guerra. 

Recomendo: Por mais que a série tenha sido feita em 2017, eu só fui dar o devido valor agora, em 2020. Confesso, foi por causa do filme da diretora Greta Gerwig. Assisti a série antes, devido a todo o buzz com o filme que estava acontecendo. A história, obviamente é a mesma, mas a forma como é contada na série e no filme, é um tanto diferente. Quem assistiu o filme, e não viu a série: VEJA! Se faça esse favor.

SE VOCÊ GOSTOU DE “7 SÉRIES NO PRIME VIDEO”, LEIA TAMBÉM:

Por Trás das Câmeras: Os bastidores de filmes de terror

10 filmes no Prime Video com até 90 minuto de duração

4 franquias de suspense no Prime Video

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *