fbpx
Pode Entrar

Curiosidades sobre filmes que viraram séries

Curiosidades sobre filmes que viraram séries

Há alguns dia atrás nós fizemos uma lista destacando alguns filmes, que mais tarde (em alguns casos muitos anos depois) viraram séries. Assim, na nossa publicação comentamos brevemente os motivos que poderiam levar a isso. Entretanto, não nos aprofundamos muito porque a ideia  era trazer curiosidades sobre filmes que viraram séries na coluna Por Trás das Câmeras, detalhando melhor.

Portanto, em nossa seleção de filmes que foram adaptados para a TV alguns, como Psicose e Bates Motel, vieram muitos anos depois da produção original. Porém,eles tiveram uma boa explicação para que isso acontecesse . Ainda em nossa lista colocamos a história de Hannibal, que anos antes de se tornar uma série de sucesso, foi contada em um do filme mais famosos a respeito do médico canibal, O Silêncio do Inocentes

Além disso, lá em 1973, quando Westworld foi lançado, não se tinha metade do que nós temos agora em questão de tecnologia. Portanto, o filme aborda algo que estava totalmente fora de sua realidade. Atualmente, o que podemos ver na série não  é uma coisa tão afastada assim de nossa realidade.

Devido a esses motivos, resolvemos pegar algumas histórias mais interessantes de nossa lista e destacar para vocês, trazendo algumas curiosidades sobre filmes que viraram séries e mostrando os motivos pelos quais isso aconteceu.

Gosta de saber um pouco mais sobre os bastidores? Vem conferir a nossa lista de curiosidades sobre filmes que viraram séries!

1. Psicose /  Bates Motel

Curiosidades sobre filmes que viraram séries

Esse, talvez, seja o caso mais conhecido de nossa lista e para muitos não precisa de tanta explicação assim. Porém, acreditamos que ainda podem ter algumas pessoas que estão perdidas. Portanto, resolvemos contar que a história de Bates Motel é derivada do filme Psicose, de Alfred Hitchcock. Mas, se na série, é mostrada a relação completamente disfuncional e bizarra entre Norma e Norman, no filme a situação é bem diferente.

Isso porque a série veio para mostrar o que aconteceu antes de Psicose, quando Norma nem mesmo existia mais (bom, não viva, digamos assim). Para isso, Bates Motel conta o que aconteceu até que ponto  as vidas de Norma e Norman se conectaram muito mais do que a relação de mãe e filho, que por si só já era bem possessiva. Logo, a série funciona como uma espécie de “prequel” de Psicose.

Esse, inclusive, é um motivo que eu entendo muito bem para que uma história seja recontada, já que acompanhamos o começo e não somente do ponto onde o filme se inicia e “desgraceira” já aconteceu. Para os que viram a série agora, fica meio óbvio o que acontece no filme. Entretanto, por se tratar de um grande clássico do cinema, com uma das cena mais icônicas da história, vale com certeza assistir.

2. O Silêncio dos Inocentes / Hannibal

O Silêncio dos Inocentes e Hannibal

Em relação a história de Hannibal, temos o mesmo caminho do primeiro da lista. Isso por que a série traz a história anterior ao que vemos em O Silêncio dos Inocentes. Na realidade, bem anterior, já que a narrativa da série antecede até mesmo o filme Dragão Vermelho. Portanto, o ponto em que o médico canibal se encontra em um dos filmes mais famosos da sua história no cinema (na realidade, acredito que seja de fato o mais famoso) já é bem avançado, visto que ele já foi preso por seus crimes e até mesmo já perturba a sanidade de Clarice Starling.

Da mesma forma como falamos  antes, a série se fez importante justamente para os mais curiosos em saber como durante tanto tempo Hannibal Lecter conseguiu escapar. Afinal, ele viveu a sua vida dupla sem que ninguém desconfiasse das suas preferências bizarras. E, mais uma vez, consideramos importantíssimo para dar uma “continuidade às avessas” para a história.

Por mais que depois de assistir O Silêncio do Inocentes não precise muito, a curiosidade é grande, não é mesmo? Portanto, a gente só não recomenda que vocês assistam Hannibal: A Origem do  Mal para saciá-la. Esse aí todo mundo pode passar sem.

3. O Garoto do Futuro / Teen Wolf 

O Garoto do Futuro e Teen Wolf

A maior particularidade em relação à história da série e do filme, não é em relação ao que é contado na tela de fato. Na realidade, é algo mais técnico  e a título de curiosidade para quem se interessa em saber um pouco mais a respeito do “por trás das câmeras”.

Primeiramente, a gente precisa destacar que o longa original em que Teen Wolf se baseou foi protagonizado por Michael J. Fox e na época em que foi lançado, não era para ser levado tão a sério assim. Era algo despretensioso e deu certo por isso.Porém, no caso da série, eu acredito que ela gostaria de ser levada mais a sériee pelo tom em que tudo era contado. E, é claro, por algumas coisas que, na medida do possível, são mais violentas.

Bom, a grande questão é que, O Garoto do Futuro foi lançado aqui no Brasil na mesma em que De Volta para o Futuro. Então, com isso, acho que as pessoas se confundiram um pouco na hora de escolher um título para o longa metragem em português, já que Michael J. Fox está em ambos e o nome acabou sendo Garoto do Futuro – que nada tem a ver com o plot. 

A trama em série e film é a mesma, seguindo apenas uma diferença no tom que é contada: o filme é para ser um comédia, enquanto a série queria ser levada a sério. Dito isso,o enredo aborda um jovem, que ainda está na escola e passa a ter que lidar com o fato de que ele se transformou em um lobisomem. Normal, rotineiro.

Apesar de tudo, a série fez um grande sucesso, já que contou com seis temporadas e com mais de 100 episódios. Diferente das outras histórias que contamos, série e filme não se completam e Teen Wolf é apenas uma releitura de O Garoto do Futuro. Nada mais. 

SE VOCÊ GOSTOU DE “CURIOSIDADES SOBRE SÉRIES QUE VIRARAM FILMES”, LEIA TAMBÉM:

12 filmes que viraram séries

Clube dos Cinco:  Spin-offs que deram certo

15 filmes futuristas disponíveis em streaming

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *