fbpx
Por Trás das Câmeras

Os bastidores de filmes de terror

Bastidores de filmes de terror

Hoje nós resolvemos trazer uma nova coluna para o site, diferente do que vocês estão acostumados a ver por aqui, de alguma forma. Isso porque, geralmente, nas nossas colunas comentamos as produções e falamos a respeito daquilo tudo que nós podemos ver na tela. Mas, a ideia aqui é justamente falar sobre o que não se pode ver na tela. Como primeiro tema, escolhemos os bastidores de filmes de terror

Dessa forma, resolvemos reunir algumas informações e faremos isso vários segmentos. Começamos pelos filmes de terror porque alguns acabaram marcando muito a história do cinema. E não só pelo fato de que foram aclamados ou comentados, mas também porque deixaram mais marcas no mundo fora das telas. 

Portanto, a ideia aqui é resgatar alguns comentários, que inclusive, são numerosos quando se fala dos bastidores de filmes de terror. Sabemos, é claro, que muitas dessas histórias podem não ter nada a ver com a realidade e, em muitos casos, são meros boatos. Entretanto, nós queremos apenas nos divertir e saber um pouco mais do impacto que estes filmes causaram, ao ponto de gerarem tantos boatos, rumores e até mesmo as famosas ‘fanfics’.

Gosta de longa-metragens desse tipo e quer saber mais sobre os bastidores de filmes de terror? Vem com a gente!

As maldições de Hollywood: Poltergeist

Bastidores de filmes de terror
Onde assistir: Google Play, Looke, Apple TV e Microsoft Store

Por mais o filme tenha, anos mais tarde, recebido um reboot, ele não foi tão bem recebido assim pelos fãs do longa feito em 1982. Mas, o que vamos falar no momento ,na realidade, não é a respeito de Poltergeist em si, como explicamos, e sim a respeito dos rumores que se espalham e contribuíram para torná-lo um clássico do terror.

Aparentemente, o longa-metragem tem em seu histórico os boatos de que uma maldição tomou conta do elenco que fez parte da trilogia original. A história, para os que não assistiram ou não se lembram, mostra a mudança de uma família para uma casa . No decorrer dos dias, eles percebem que situações estranhas passam a acontecer com a sua filha. 

Mas, um grande número de relatos de pessoas envolvidas com a produção indicam que situações estranhas em torno de Poltergeist. Situações que acabaram extrapolando as telonas e vieram para o ‘mundo real’. Então, alguns eventos bizarros aconteceram não somente durante as gravações, como também após elas, como acidentes trágicos e outros fatores. 

Entretanto, convenhamos que a produção do filme também “procurou” esses acontecimentos. De acordo com a atriz JoBeth Williams, intérprete de Diane, os esqueletos usados em uma cena marcantes eram humanos e não fabricados para a produção.

Estúdios amaldiçoados? 

Os fatos estranhos, entretanto, não param por aí. Will Sampson, parte da sequência de Poltergeist, sabendo que os esqueletos eram reais, teve a ideia de realizar um exorcismo no set, em 1984. Porém, o ator realizou o procedimento em questão sozinho no estúdio antes que tudo fosse iniciado. 

Entretanto, existe algo que também cercou o filme e faz com que os fãs da franquia tenham certeza absoluta que a maldição é real. Esse “algo” é o fato de que a morte se fez presente entre os atores envolvidos em Poltergeist. Assim, a atriz Dominique Dunne, que viveu Dana na telona, poucos meses após o lançamento do filme, foi brutalmente assassinada pelo seu ex-namorado abusivo. Entretanto, antes, ela ficou cinco dias no hospital vivendo com ajuda de aparelhos.

Mas as mortes não pararam por aí. A próxima citada, inclusive, foi uma das que mais chocou a todos envolvidos no filme. Para muitos, foi a prova final de que, de fato, a produção de Poltergeist havia sido afetada por uma verdadeira maldição.

Portanto, é possível citar que a atriz Heather O’Rourke, que viveu Carol Anne no filme, era a mais jovem do elenco. Entretanto, ela acabou morrendo após as filmagens de Poltergeist III, que foi lançado em 1988. Heather foi vítima de negligência médica e acabou sofrendo uma parada cardíaca e choque séptico. 

Os bastidores de filmes de terror: O Exorcista

O Exorcista

Eu acho que todo mundo já ouviu alguma história a respeito de O Exorcista e tudo que envolveu a produção, certo? Portanto, por mais que hoje em dia o filme, para alguns (inclusive para a gente,) pareça algo que pode ser colocado no setor “trash”, na época em que foi feito eu tenho certeza de que não era. Logo, muita gente ficou assustada com o que viu na tela. Também pudera: O Exorcista tem uma escalada bizarra de acontecimentos, que culmina em uma situação completamente horrível.

Entretanto, mesmo que as histórias sobre o filme sejam as mais conhecidas, nós não poderíamos deixar um clássico de fora de forma alguma. Então, é claro que vamos falar um pouco a respeito também dos boatos que cercam a produção deste filme. Afinal, ele não ganhou seu ‘status’ no terror atoa. 

Portanto, os boatos são de que  as pessoas envolvidas na produção do filme, de alguma forma, foram afetadas por momentos súbitos de ‘azar’. Entre os vários acontecimentos, relatos apontam que atores envolvidos no projeto perderam familiares. Além disso, pessoas da produção acabaram sofrendo com tragédias pessoais. Por exemplo, um assistente de câmera vivenciou o aborto de sua esposa, que estava grávida durante as gravações. 

Eu sei, todas estas situações são passíveis de acontecer, com uma produção amaldiçoada ou não. Mas os rumores são fortes e apontam que tudo isso está diretamente relacionado com O Exorcista, que trouxe um verdadeiro “mau agouro” para os envolvidos. Mas, ao que tudo indica, as mortes e situações bizarras não pararam por aí. Vamos falar também de situações cotidianas, digamos assim.

Mortes e mais mortes no set de filmagens 

Além dos fatos citados. Mais mortes foram relatadas durante o período das gravações. Assim, podemos citar entre elas um vigia do set de filmagens e pessoas que trabalhavam na produção. Também é válido destacar que acidentes aconteciam a todo momento com os envolvidas no filme, por mais que não fossem fatais. 

Mas, se até agora você acredita que tudo isso é uma belíssima coincidência apenas, nós desta vez estamos aqui para reforçar os boatos sim. Porque bons filmes de terror contam com histórias macabras a respeito de suas realizações, oras.

Portanto, é válido citar o caso ator Jack MacGowran. Logo no começo do filme, ele é o primeiro personagem a morrer, caindo de uma escadaria. Porém, as coisas ficam macabras quando se pensa que uma semana depois de finalizar suas gravações, Jack de fato morreu. 

Entretanto, a causa da morte não traz nada de bizarro para situação ao que parece. Mas o boatos, novamente sugiram. Isso aconteceu porque Jack morreu vítima de uma pneumonia. Novamente, sabemos, coisas que podem acontecer no cotidiano, é claro, mas como as pessoas envolvidas nesse filme morriam, não é?

Os bastidores de filmes de terror: O Bebê de  Rosemary

O Bebê de Rosemary

Quando o assunto é O Bebê de Rosemary eu definitivamente não duvido de nada. Mas, até o momento, é o filme que tem menos situações estranhas da nossa lista de escolhidos. Porém, as situações são bem estranhas mesmo e vão compensar a falta de números.

Para começo de conversa, o filme que traz um ‘bebê do demônio’. É claro que causaria histeria lá em 1968, não é mesmo? Por mais que ninguém nunca tenha visto a imagem de fato do tal bebê.

Como o imaginário é importantíssimo no quesito filmes de terror e suspense, isso fica mais explícito ainda como O Bebê de Rosemary. Portanto, o pânico foi instaurado entre quem assistiu ao longa, mesmo sem acesso à parte que seria considerada a mais bizarra da história. Isso obviamente se estendeu para o mundo e os boatos e teorias a respeito da produção ganharam forma. 

Diante da situação toda, o produtor do filme, William Castle foi o primeiro a sofrer com a suposta maldição. Assim, pouco tempo após a estreia do filme, Castle acabou sendo internado em emergência devido a uma falência renal. E é claro que isso agora é apontado como sendo o pontapé inicial para as maldições com os envolvidos em O Bebê de Rosemary.

Coincidências? Há quem acredite que não! 

As coincidências, meus caros, estão aí para a gente especular mesmo. Então, no mesmo hospital em que o produtor citado foi internado, estava Krzysztof Komeda.

Para quem não sabe, ele é o compositor da trilha sonora do filme e um grande amigo do diretor, Roman Polansk,i e de sua esposa da época, Sharon Tate. Da mesma forma como o personagem do filme, Hutch, amigo de Rosemary, o compositor acabou morrendo com um coágulo no cérebro pouco depois do filme ter sua estreia. Como são as coincidências, não é mesmo?

Daqui pra frente a situação fica um pouco mais tensa. Imagino que essa história seja a mais conhecida deste tipo de Hollywood. Isso porque Sharon Tate estava grávida e foi assassinada a facadas por fanáticos da famosa seita liderada por Charles Manson. Anos depois da tragédia vivida pelo diretor, ele chegou até mesmo a citar que cogitou que sua esposa fosse escalada para o papel de Rosemary.

LEIA TAMBÉM:

15 filmes de suspense no Telecine Play

Os 20 filmes de suspense mais bem avaliados do Prime Video

Os 30 filmes de terror mais bem avaliados pela crítica em streaming

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *